sábado, 9 de julho de 2011

Eu Sou a Lenda


- Ele (Bob Marley) teve esta idéia como a ideia de um virologista, ele acreditava que poderia curar racismo e ódio, literalmente curar, apenas injetando música e amor na vida das pessoas. Um dia ele iria dar um show em um comício pela paz, então pistoleiros foram até a casa dele e atiraram nele. Dois dias depois ele subiu naquele palco e cantou. Alguém perguntou: por que? Ele disse: as pessoas que tentam tornar este mundo pior não tiram um dia de folga, como é que eu vou tirar? (Robert Neville)

 
Filmes com teor catastrófico, apocalíptico não são novidades em Hollywood, todo ano tem um batendo recordes de bilheterias, quando o causador da tragédia não é o clima, a guerra, ou então invasão alienígena, com certeza é um vírus mortal. Eu Sou a Lenda foi a bola da vez no ano de 2008, adaptado do livro homônimo de Richard Matheson, também ganha visibilidade graças ao astro Will Smith que não decepcionou.

Três anos após a apressada evacuação da cidade de Nova Iorque Robert Neville (Will Smith ) ainda permanece entre seus escombros, seu objetivo é manter-se no marco zero e tentar descobrir a cura para o terrível vírus K, responsável pela morte de 90% da população da Terra, deixando ainda 9% contaminados que se transformaram em uma mistura de vampiros-zumbi-raivosos que se alimentam do sangue daqueles seres humanos imunes ao vírus, apenas 1% da população, e o cientista Neville está entre estes imunes.

Seu trabalho é percorrer a cidade enquanto há luz solar em busca de novas descobertas que o leve a cura do vírus, na verdade é só uma desculpa do roteirista pra aquele cientista e sua cadelinha sair matando zumbis por aí. Cansado de falar com San, sua fiel cadelinha, e com manequins, Neville finalmente encontra seres humanos de verdade já na metade do filme, são Ana (Alice Braga) e Ethan (Charlie Tahan) sobreviventes que saíram do Brasil e seguem rumo a um local livre do vírus. Ana diz seguir a voz de Deus. Se na primeira parte do filme assistimos Neville caçando os vampiros-zumbi-raivosos, na segunda metade veremos o inverso, mesmo que pouca coisa tenha mudado de verdade.

Penso que o que mais impressiona no filme seja exatamente o cenário, não é nada sofisticado, recheado de efeitos especiais, são apenas ruas desertas e abandonadas, porém conseguiu passar grande parte da ideia apocalíptica do filme. É interessante também perceber o processo de desequilíbrio emocional de Robert Neville, em alguns momentos duvidamos se falar com manequins é apenas distração ou loucura por parte do personagem. E os vampiros-zumbi-raivosos não estavam distante da realidade do filme, até que transmitiam uma sensação de medo. Talvez tenha faltado mostrar um pouco mais o início daquela catástrofe toda, mas como Hollywood não perde tempo, esta parte da estória já está servindo de roteiro para uma continuação. Em fim, para um filme com roteiro bastante comum até que aquelas explosões, correrias e medo do entardecer divertem um pouco.


Título original: (I Am Legend)
Lançamento: 2007 (EUA)
Direção: Francis Lawrence
Atores: Will Smith, Alice Braga, Salli Richardson, Paradox Pollack.
Duração: 101 min
Gênero: Ficção Científica

11 comentários:

  1. Talvez eu veja algum dia, mas não tenho muito curiosidade em conferir esse filme...

    ResponderExcluir
  2. Não sou fã de Will Smith, nem grande apreciador do estilo de filmes sem grande conteúdo reflexivo.

    Porém, Eu Sou a Lenda me agradou. Não acho que o filme seja espetacular, longe disso. Mas, acho um bom divertimento, como você mesmo disse no final.

    ResponderExcluir
  3. Estou tentando ver esse filme já faz um ano!
    Ontem passou na TV a cabo e não consegui ver de novo
    Mas não vou desistir! Da proxima vez consigo.
    Muita gente diz q não gostou dele mas vou ver por mim mesma já q sempre gostei dos filmes do Will Smith
    Abç Marcos

    http://falandosobreall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Para mim foi uma total decepção. Inclusive a nossa Alice Braga está perdida nessa história sem emoção.

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  5. O filme até prende a atenção, mas o original "A Ultima esperança da terra" apesar de não ser excelente, consegue ser superior. Um abraço.

    http://umanoem365filmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Sabia que nunca tive paciência pra ver esse filme?.. haha.. Não me anima muito, mas meu namorado ama.

    Esses dias passou na TV e eu nem quis ver.D:

    *Delírios e Paranóias voltou*

    =DD

    ResponderExcluir
  7. Pt q pr.. Só besteira aqui, o filme é incrível, esse filme tá no meu top 20 com toda certeza.. eu já vi 13vezes, e olha q eu odeio ver filmes d novo... e eu já vi mais de 1000 filmes na minha vida pq eu contei... Eu gostei demais do filme!!!

    ResponderExcluir
  8. Que agonia é esta anônimo? Que bom que vc já viu este filme 13 vezes, e melhor ainda ter visto mais de 1000 filmes, espero que chegue ao 1000000. Mas não diga que a opinião dos outros é besteira.

    ResponderExcluir
  9. eu concordo com MARCOS ROSA, mas também concordo com o aninimo.....esse filme na minha opiniao é espetacular, eu adoro os filmes do will smith, e adoro BOB MARLEY.

    MAS COMO DISSE O MARCOS ROSA... A OPINIAO DAS PESSOAS DEVE SER RESPEITADA.
    E PONTO FINAL

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Já assistiu o filme? E o que achou? Comente!