domingo, 2 de setembro de 2012

Os Mercenários 2


- Qual é o plano? (Gunnar Jensen)
- Rastreá-los, encontrá-los e matá-los. (Barney Ross)



Seria impossível reunir esta turma toda em um filme há uns vinte anos atrás, se já é normal fazer isto hoje é porque não são tão requisitados assim, mas pelo menos estes senhores, que são a cara dos filmes de ação dos anos oitenta e noventa, mostraram mais uma vez que não estão velhos para fazer o que sabem muito bem: bater, atirar e soltar piadinhas prontas.

O cinéfilo que for ao cinema assistir Mercenários 2 em busca de algum diálogo profundo, trama detalhada ou roteiro rebuscado, pode desistir, pois é exatamente o oposto que encontrará: muitas explosões, piadas, missões sem sentido, cenas desnecessárias, tiros, mortes, sangue e mais explosões.

Por outro lado, saibam também aqueles pseudo intelectuais que nem mesmo aguardam os créditos aparecerem indicando o final do filme e já saem lançando críticas, também não percam seu tempo, pois Mercenários é um “roteiro anunciado”. Ou seja, não podemos dizer que não sabíamos, ou que fomos enganados, que esperávamos algo diferente, pois aqueles brutamontes estão fazendo agora o que passaram a vida toda fazendo. Ou será que Sylvester Stallone em Rambo, Bruce Willis em Duro de Matar, Jason Statham em Adrenalina, Arnold Schwarzenegger em O Sobrevivente, Jean-Claude Van Damme em O Grande Dragão Branco, Chuck Norris em Braddock, por exemplo, fizeram algo muito diferente do que estão fazendo neste filme agora? Enfim, o espírito do filme esta bem representado na carreira dos seus atores.

E desta vez conseguiram ser melhor que o primeiro filme, não por que tenha havido mais mortes, mais explosões, mais sangue, ou algo do tipo. Sim, Van Damme e Chuck Norris contribuíram muito para a maior satisfação do espectador. Aliás, o nome do personagem de Van Damme ser Vilain não poderia ser mais característico dos anos oitenta. E seus golpes giratórios, claro, não poderiam faltar. Sem mencionar as aparições de Chuck Norris, um show a parte. Mas as piadas sobre os próprios atores e suas condições atuais foram o tempero do filme (infelizmente em alguns momentos mal legendadas). Estas frases foram tão boas quanto os golpes ou super explosões: “você já voltou demais”, “Quem voltará agora? Rambo” ,“Nós que deveríamos estar no museu” ou “Está é a teoria da relatividade de Einstein, melhorada por mim” (fala do personagem de Dolph Lundgren, ator possui um QI de 160 pontos, o que é bastante alto).

Vá ao cinema, compre um ingresso e garanta uma passagem de volta ao passado. Reveja os caras que divertiram as tardes de uma geração inteira com melhor do estilo exército de um homem só, só que desta vez estão todos juntos.


Título original: (The Expendables 2)
Lançamento: 2012 (Estados Unidos)
Direção: Simon West
Atores: Arnold Schwarzenegger, Bruce Willis, Chuck Norris, Dolph Lundgren, Jason Statham, Jean-Claude Van Damme, Jet Li, Liam Hemsworth, Nan Yu, Novak Djokovic, Randy Couture, Scott Adkins, Sylvester Stallone, Terry Crews, Amanda Ooms
Duração: 103 min
Gênero: ação, comédia

4 comentários:

  1. O primeiro foi divertido, preciso conferir este.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Ansiosíssimo para ver este filme, tb achei muito foda o primeiro!

    http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grabriel frança que gatinho!!!!

      Excluir
  3. vi o filme e tenho o filme! particularmente particularmente amo dolph lundgren e sou a paixonada pelo gunnar jensen ! acho ele emgrassado e ele mto fofo,lindo e ah quimicamente desequilibrado mas e amo ele.

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Já assistiu o filme? E o que achou? Comente!